Notícias

Debate fala de projetos de gênero financiáveis

O debate Gender and Climate Finance reuniu palestrantes do WOCAN, W+ Standard e IUCN  para falar dos recursos para a agenda de Gênero na agenda das mudanças climáticas.  Bernard Giraud dirige uma organização francesa que financia  programas em países da África, como o Senegal, onde as vilas construídas atrás de dunas simplesmente desaparecem quando há tempestades.Esses investimentos privilegiam as mulheres que são as que mais sofrem com os problemas ambientais. Sua política é a de financiar projetos já existentes mas näo oferecer   soluçoes. Ele diz que projetos liderados por mulheres têm mais chance de dar certo e, por isso, tem prioridade. Para serem financiados   é fundamental que resultem em melhoria  das   condições de vida das mulheres. Os recursos aplicados nesses projetos  são provenientes da compra de créditos de carbono.

A representante da WOCAN diz que é preciso fazer escolhas claras quando se quer mudanças. Diz,também, que a escala de financiamento para o empoderamento das mulheres em mudanças climáticas é insuficiente.


Tag(s): Notícia